Física
cidanf
6

Ensino médio (secundário) Física 5+3 pts 5) Um gás perfeito está encerrado em um recipiente cilíndrico dotado de êmbolo. Considere suas variáveis de estado iniciais sendo p = 1,2 atm; V = 150 cm³ e T = 27 °C. O gás sofre uma transformação, fazendo com que seu volume diminua para 100 cm³ e sua pressão aumente para 1,8 atm. Determine o número de mols desse gás. * 1 atm = 10^5 Pa; 1 cm³ = 10^-6 m³; K = C + 273; R = 8,3 J/mol.K (a) 2,4 x 10^-4 mols (b) 3,0 x 10^-4 mols (c) 5,2 x 10^-4 mols (d) 6,4 x 10^-4 mols (e) 7,2 x 10^-4 mols

+0
(1) Respostas
madalenagomes2

Use a equação de Clapeyron: pV/T=nR p a pressão em pascal (Pa) V o volume em metros cúbicos (m^3) T a temperatura EM KELVIN (K) n o número de mols R a constante dos gases perfeitos pV/T=nR pV/TR=n Daí, tu converte por regra de 3: 1atm - 10^5Pa 1,2atm - x x.1=10^5.1,2 x=1,2.10^5Pa x=12.10^4 1cm^3 - 10^-6m^3 150cm^3 - y y.1=150.10^-6 y=150.10^-6 y=15.10^-5 Para converter celsius em kelvin, some 273 ao valor da temperatura em celsius: Tk=Tc+273 Tk=27+273 Tk=300 300 K Aí coloca os valores na equação: pV/TR=n 12.10^4.15.10^-5/300.8,3=n 12.15.10^-1/30.10.8,3=n 12.15.10^-1/30.83=n 3.4.3.5.10^-1/30.83=n 3.60.10^-1/30.83=n 3.2.10^-1/83=n 0,072.10^-1=n 0,0072mols ou 72.10^-4

Adicionar resposta